CPFL: brincadeira sem graça

CPFL: brincadeira sem graça
24 maio 13:46 2012 Débora Piloni

Na quinta rodada de negociação, empresa apresenta o mísero índice de reajuste salarial de 3%. Próxima reunião na terça (29)

Com um início de Campanha Salarial produtivo, em que a empresa aceitou discutir durante as negociações salariais o tema Saúde e Segurança no Trabalho, a CPFL Energia decepcionou nas duas últimas rodadas realizadas. A 5ª reunião de negociação aconteceu na manhã desta quinta (24).

A holding apresentou uma proposta econômica de míseros 3% de reajuste. Quanto à saúde e segurança, levantou alguns itens que ainda não contemplam a pauta.

Para piorar ainda mais a situação, a CPFL disse pretender regularizar a situação dos PCDs até maio do ano que vem.

E… a pérola da rodada: em sua proposta sobre Requalificação Profissional, o trabalhador que estiver fazendo curso e for demitido por justa causa, terá que devolver o dinheiro.

Resultado da brincadeira de mau gosto: proposta rejeitada e nova rodada marcada para a próxima terça (29). Fique ligado e participe das assembleias. Capricha na luta!

  Categorias: