CS 2012: Total descaso com o trabalhador da CPFL Jaguariúna!

CS 2012: Total descaso com o trabalhador da CPFL Jaguariúna!
01 junho 10:00 2012 Cecília Gomes

Diante da enrolação da empresa, Sinergia CUT realiza assembleias nesta sexta (01) e na segunda (04) para aprovar Plano de Luta

Passados dois meses da database, a CPFL Jaguariúna arrasta o processo de negociação, deixando os trabalhadores sem o reajuste  sobre salários e benefícios. Esta situação reflete o descaso com que a empresa vem tratando a categoria.

No último dia 30, Sindicato e empresa chegaram à quinta rodada de negociação, mas os representantes da Jaguariúna limitaram-se a apresentar exatamente a mesma proposta da quarta rodada, rejeitada há 15 dias pelo Sinergia CUT por não atender as revindicações expressas na pauta dos trabalhadores, e que está com a empresa desde 23 de março.

Por isso, o Sindicato realiza nesta sexta (01) e na segunda (04) assembleias para aprovar um Plano de Luta com o objetivo de fazer com que a empresa apresente uma proposta melhor. Vale ressaltar que o índice econômico apresentado está abaixo do ICV Dieese de abril.

“Neste momento é necessário o envolvimento de todos os trabalhadores. Queremos a reabertura do precesso negocial, com um reajuste decente sobre salários e benefícios, com Aumento Real, discutindo a manutenção do Acordo Coletivo. A nossa reivindicação ainda é equiparar benefícios e condições de trabalho com as demais empresas da holding CPFL Energia”,  afirma Esteliano Gomes Neto, dirigente do Sinergia CUT que negocia com a CPFL Jaguariúna.

O descaso da CPFL Jaguariúna é tanto que nem marcou a sexta rodada. Na proposta para PLR, por exemplo, apresentou 10 indicadores, sem Aumento Real do valor da PLR, o que já havia sido rejeitado durante todo o processo de negociação do ano anterior, finalizado em abril deste ano.

“Não dá para aceitar que a empresa culpe a Aneel e o governo, usando como argumento a Revisão Tarifária e a AP 40,  para não conceder reajustes e repasses aos trabalhadores”, afirma a direção do Sinergia CUT.

Capricha na mobilização

Portanto, motivos não faltam para a categoria aprovar o Plano de Luta. São necessárias melhorias do Plano de Saúde, maior Gratificação de Férias e Piso Salarial e também solucionar a questão do transporte para os trabalhadores que residem em Pedreira, Campinas e Jaguariúna. Então, CAPRICHA!

A proposta do Plano de Luta:

  • 11/06 – Mobilização de meio período
  • 18/06 – Mobilização de 01 dia
  • 25/06 – Deliberar greve para mesas que não atingiram os limites estabelecidos pelo Sindicato

 

Alguns itens da ‘nova’ velha  e rejeitada proposta da CPFL Jaguariúna


  • Reajustes: 5% nos salários, VA: 5,5%, VR: 6%
  • Exclui o Sindicato da Gestão do Programa de Requalificação Profissional
  • Impedimento a Discriminação: embora esta cláusula continue em estudo, a empresa informou que já pratica e que não precisa constar em Acordo.
  • Estabilidade para portadores de HIV e Câncer: Aplica conforme a Lei
  • Restaurante: a empresa implementará um restaurante em Jaguariúna, porém ela entende que não é necessária a participação dos trabalhadores na gestão do estabelecimento.Alguns itens da ‘nova’ velha  e rejeitada proposta da CPFL Jaguariúna
  Categorias: