CS 2012: Cernhe faz proposta que não contempla trabalhadores

06 junho 09:30 2012 Débora Piloni

No último dia 25 de maio aconteceu a segunda rodada de negociação entre a Cernhe e o Sinergia CUT. Na ocasião, a cooperativa informou que, para este ano, não pretende conceder aumento real, sob o argumento de que ofereceu, nos últimos anos, aumento de reajuste de forma errada, favorecendo os trabalhadores.

Vale ressaltar que, o reajuste salarial da Cooperativa tem uma especificidade: todas as vezes que a inflação atinge 1% dispara-se um gatilho, sendo que na database, a empresa discute com o Sindicato somente o valor do aumento real tendo como referência o ICV do Dieese. Nesta segunda rodada, a diretoria da empresa afirmou que deseja conceder apenas o gatilho, garantindo a inflação do período. Detalhe: essa reposição já foi feita (ICV Dieese de 5,37%).

E mais: a cooperativa propõe reduzir o abono indenizatório e o ATS. O Sinergia CUT rejeitou a proposta e nova rodada será agendada posteriormente.
 
A proposta rejeitada:


  • Vigência do ACT: 1 ano
  • Política Salarial: excluir gatilho, pois a diretoria entende que faria sentido em outros tempos, no entanto, se nao foi excluido, deverá ser aplicado como forma de antecipação salarial
  • Aumento Real: Considerando os aumentos concedidos nos últimos anos em forma de forma errada, favorecendo os funcionários, a Diretoria para este ano não deseja conceder aumento real, apenas o gatilho, garantindo inflação do período
  • ATS: A diretoria não aceita a condição de ATS anual. Aceita a manutenção do ATS somente na condição de Trienal
  • Abono indenizatório: reduz a indenização para 25% do salário, aplicado sobre o salário base
  • Vale Alimentação: R$ 75,00 para R$ 100,00
  • Isonomia salarial: que alterar a redação desta clausula, para garantir que a cooperativa possa contratar novos funcionários e dar tempo de aprendizado, ou seja, entendemos que como está, ao contratar o funcionário, após o treinamento específico ele já deve ganhar igual ao funcional de 20 anos. Neste ramo de energia a experiência adquirida ao longo dos anos conta muito. Por isso, o piso está sendo implementado.
  • Sobreaviso: na cláusula de sobreaviso, especificar melhor texto sobre qual base de calculo se aplica, pois a cooperativa entende que é aplicado sobre o salário base de calculo
  • Garantia aos trab.Port.de Doneças profissionais e aos que sofreram Acidente de trabalho: altera: “para constar que fica garantida a estabelecida em lei para os casos de acidente e aux.doença e inclui que a CERNHE garantirá a media salarial dos últimos 12 meses, ou seja, complementará o auxilio que estiver recebendo com a media salarial, cujo valor será lançado com indenização por perdas salariais
  • Função Assessória: amplia para o uso de moto serra em podas
  • Manutenção da cláusulas do ACT vigente
  • Excluir cláusula de Multa
  • Jornada de trabalho: fica criada a possibilidade de alteração na forma dos plantões, pois hoje se faz com uma dupla e se pretende fazer com duas ou mais, onde todos os funcionários se revezam nesta função, garantidos os descansos de lei. Esta medida visa garantir as determinações legais
  • Estabilidade Pre-Aposentadoria: garante a estabilidade de 12 meses
  • Piso salarial: o ACT menciona sobre piso mas não estabelece, neste sentido, a empresa quer estabelecer pisos de salários distintos:
  • Escritório

– Aux.escritorio em geral, até um ano, R$ 700,00

– Aux.escritorio em geral, após um ano, R$ 900,00

No Campo

  • Serviços gerais nível I (serviço de roçada, arrumação de almoxarife, limpeza e demais desta natureza) piso R$ 700,00, sem adicional de periculosidade
  • Serviços Gerais nivel II (trabalha no apoios aos eletricistas, fazendo dupla sempre com um eletricista experiente, so no apoio, nunca na execução de ligações ou qualquer ação direta da rede de distribuição, com adicional de periculosidade piso R$ 750,00. Neste caso teria NR-10.
  • Serviços Gerais nível III (NR-10 mais curso de eletricista) neste caso já poderia executar sempre com auxilio de um funcionário mais velho, piso R$ 1.200,00.


  Categorias: