ANEEL aprova reajuste tarifário da CPFL Piratininga

18 outubro 11:47 2012 Fonte: ANEEL

A Diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou no último dia 16, durante reunião pública, o valor final do reajuste da Companhia Piratininga de Força e Luz – CPFL Piratininga, do estado de São Paulo. A partir do dia 23 de outubro, os consumidores residenciais terão um efeito positivo de 1,49% nas tarifas. O valor da tarifa aprovado agora é resultante dos efeitos dos cálculos da revisão tarifária e do reajuste.

Os índices que serão aplicados às contas de luz dos consumidores da distribuidora serão de 1,49% para baixa tensão (abaixo de 2,3 kV, como por exemplo as residências) e de 9,77 para alta tensão (de 2,3 a 230 kV, como as indústrias).

A CPFL Piratininga atende 1,4 milhão de unidades consumidoras em 26 municípios de São Paulo.

O efeito médio a ser percebido pelos consumidores de uma forma geral será de 5,50%.

3º Ciclo de Revisão Tarifária: em 02/10, a Agência aprovou o índice de – 6,78% (negativo) como resultado da 3º Revisão Tarifária Periódica da distribuidora. A revisão da CPFL Piratininga deveria ter sido aplicada em outubro de 2011, porém devido às discussões sobre a metodologia do 3º Ciclo de revisões tarifárias, aprovada em novembro do ano passado, a revisão só pôde ser homologada este ano.

Como a empresa deveria passar por reajuste anual em 2012, foi realizada uma aplicação simultânea da revisão tarifária e do reajuste da seguinte forma: a revisão foi calculada tendo como referência sua data original. O valor pago a mais pelos consumidores, durante o período de vigência da tarifa provisória, será considerado nos reajustes de 2013 e 2014, reduzindo-os.
Durante a reunião extraordinária também foram aprovados os limites dos indicadores de qualidade DEC e FEC que medem a duração e a frequência das interrupções no fornecimento de energia elétrica para o período de 2013 a 2015. 
  
 

  Categorias: