Sinergia CUT entra com ação contra as demissões na Elektro e primeira audiência judicial acontece no próximo dia 22

14 novembro 13:00 2012 Debora Piloni

Em virtude da intransigência da Elektro de ter realizado demissões no último mês de setembro – quando mais de cem trabalhadores foram colocados na rua – o Sindicato entrou com processo judicial contra a empresa para reverter esse cenário. E a primeira audiência foi marcada para o próximo dia 22, às 11h30, na 4ª Vara do Trabalho, em Campinas.

No processo de demissão, foram dispensados a maioria dos 84 agentes de atendimento presencial e 31 leituristas do Grupo A de todas as suas regiões. A justificativa da empresa para tamanho desmando foi de simples demissão, para os contratados após janeiro de 2009 e uma tal de “reestruturação organizacional”  para os admitidos antes de dezembro de 2008, com realocação de um pequeno número de trabalhadores impactados pela reestruturação.

Incoerência
Vale lembrar que a demissão em massa aconteceu logo após a Elektro ser eleita “A Melhor Empresa Para Você Trabalhar” pelo ranking de 2012 da revista Exame.

  Categorias: