CS 2013: Trabalhadores da CESP fazem mobilização de um dia nesta segunda (17)

CS 2013: Trabalhadores da CESP fazem mobilização de um dia nesta segunda (17)
14 junho 18:37 2013 Lílian Parise, com informações da SG

Indefinição do governo e da empresa na mesa de negociação obriga categoria a começar o Plano de Luta que prevê também greve por tempo indeterminado

Chegou a hora. Diante da falta de resposta da direção da CESP às reivindicações dos trabalhadores e da indefinição dos representantes da geradora na mesa de negociação, a categoria não tem outra saída a não ser colocar em prática o Plano de Luta aprovado em assembleias na semana passada.

Assim, os trabalhadores da CESP na base do Sindicato – inclusive das principais usinas – participam da mobilização de um dia na próxima segunda-feira (17). A intenção é pressionar empresa e governo de SP a avançar na negociação e responder à pauta dos trabalhadores já nas mãos dos negociadores. Caso não haja avanços, a categoria também aprovou greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia24.

Apesar do plano de luta proposto pela entidade e aprovado pelos trabalhadores, o Sinergia CUT entrou em contato direto com o presidente da empresa nesta sexta-feira (14), cobrando novamente uma resposta para as reivindicações apresentadas na mesa de negociação. Mais uma vez, nenhum retorno. A resposta da categoria é o protesto de 24 horas.

As reivindicações dos trabalhadores
Na última rodada, a bancada do Sinergia CUT reforçou as reivindicações prioritárias da categoria. Acompanhe.

Proposta econômica:
– Idêntica aos índices conquistados pelos metroviários, garantindo reajuste e aumento real de salários e benefícios

Demais propostas:
– Aprimoramento da Cláusula de emprego
– Definições claras e com autonomia para a empresa negociar PRR com os sindicatos
– PCS
– Rateio Fundação CESP
– Salário Substituição
– Vigência do ACT

  Categorias: