Deu na imprensa: PT multiplica gastos sociais de Itaipu

13 janeiro 14:32 2014 Elias Aredes

Matéria publicada neste final de semana no portal do Jornal Folha de São Paulo mostra que na usina hidrelétrica de Itaipu, desde que Partido dos Trabalhadores chegou ao poder, mudou o rumo de sua atuação e o investimento em projetos sociais nas cidades vizinhas bancadas pela empresa foi multiplicado por 10. A reportagem diz que em 2003 os gastos “sociais” foram de US$ 8,7 milhões e em 2012 alcançaram o patamar de US$ 80 milhões.

Veja a íntegra da matéria aqui. Segundo o relato, a usina gastou em hospitais, turismo, comunidades indígenas, proteção à criança, incentivos a empresas nascentes, um observatório astronômico e na instalação de universidades. Resultado: a usina colaborou para o registro de um salto do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) dos municípios vizinhos.

Para o Sinergia CUT, a iniciativa é muito bem-vinda especialmente porque a direção de Itaipu mostra a disposição de querer cumprir em todas as etapas as funções sociais de uma usina hidrelétrica controlada pelo Estado.

A indagação, no entanto, remete a uma pergunta: e as empresas de energia elétrica do Estado de São Paulo? Elas cumprem de modo integral o seu papel social? Existe uma preocupação em combater a pobreza nas imediações da região em que está localizada? Na visão do Sinergia CUT, a atitude só mostra que as empresas do setor tem como função primordial gerar energia elétrica. Mas não podem fechar os olhos para as demandas sociais do país.

  Categorias: