Furnas e FIP Constantinopla ficam com UHE Três Irmãos

Furnas e FIP Constantinopla ficam com UHE Três Irmãos
28 março 11:10 2014 Débora Piloni, com informações da Agência CanalEnergia

Na Bovespa, em SP, durante o Ato Público contra a licitação para concessão da usina, Sinergia CUT noticia aos manifestantes e à população o fim da disputa

Terminou há pouco o leilão da UHE Três Irmãos, realizado na Bovespa, em São Paulo, com apenas uma proposta apresentada. O consórcio Novo Oriente foi o vencedor sem concorrência e ao preço teto estabelecido pela Aneel de R$ 31,623 milhões/ano. O grupo é formado pelo fundo de investimentos e participações FIP Constantinopla, com 50,1% de participação e por Furnas que detém os 49,9% restantes.

Com isso, os trabalhadores da UHE de Três Irmãos são os primeiros impactados pelo processo de não renovação das concessões através de uma nova modalidade de privatização que coloca em risco o pleno emprego e as condições de trabalho.

Vale lembrar que a concessão de Três Irmãos venceu em 2011 e foi à leilão diante da recusa do governador de SP em aderir à medida provisória 579/2012, depois transformada na lei federal 12.783/2013, que garantiu a renovação das concessões em troca de uma redução média de 20% nas tarifas de energia em todo o Brasil.

A luta continua…
Energia sob controle social é uma bandeira histórica do Sinergia CUT, não só por se tratar de um setor essencial à vida e estratégico ao desenvolvimento brasileiro, mas também para garantir a qualidade dos serviços prestados à população e os direitos conquistados na luta diária dos trabalhadores.

No caso de Três Irmãos são 19 companheiros impactados, número que deve chegar a 500 em 2015, ano em que vencem os contratos de concessão das usinas de Jupiá e de Ilha Solteira, também administradas pela Cesp.

Ou seja, mais uma vez, o Sindicato encara a luta contra licitação, leilão ou privatização das concessões de energia elétrica. Engaje-se nessa batalha. Isso também tem tudo a ver com você!

  Categorias: