Sinergia CUT e CPFL participam de mesa de conciliação na GRT

30 abril 18:57 2014 Nice Bulhões

A CPFL descumpriu as cláusulas 21ª e 24ª dos Acordos Coletivos de Trabalho de 2012 e 2013 por não ter promovido a contração de trabalhadores para as agências de atendimento. Além disso, terceirizou as agências e descumpriu a contratação de auxiliares de recuperação de energia.

Diante disto, o Sinergia CUT realizou denúncia junto à Gerência Regional do Trabalho (GRT), a qual agendou uma mesa de conciliação realizada no último dia 29. Na ocasião, as partes concordaram iniciar o processo de negociação sobre os dois pontos nos próximos 15 dias.

Portanto, o processo foi suspenso pela GRT por 45 dias. Neste prazo, qualquer uma das partes poderá solicitar mesa de continuação.

  Categorias: