CS 2014: proposta da Cesp é rejeitada na primeira rodada

CS 2014: proposta da Cesp é rejeitada na primeira rodada
17 junho 12:30 2014 Débora Piloni

Próxima negociação está marcada para o dia 27

Começou mal. Na manhã desta terça (17), o Sinergia CUT participou da primeira rodada de negociação da Campanha Salarial 2014 com a Cesp. A empresa apresentou uma proposta que ficou bem aquém das reivindicações dos trabalhadores e, por isso, foi rejeitada na mesa. Confira:

  • Vigência: 01 ano
  • Reajuste de salários e benefícios: 5,36% (FIPE)
  • PRR: nos moldes do Decreto do Governador, ou seja, 1 salário
  • Gerenciamento de Pessoal: aumento da rotatividade de 2,5% para 5%. Ainda exclui dos 5%, os seguintes casos:

– Aposentados pelo INSS ou em condições de se aposentar, pelo INSS e pela Fundação CESP

– Aposentados 4819

– Admitidos após 31/05/2014

– Trabalhadores abrangidos por extinção de área

Depois de rejeitar a proposta, o Sindicato apresentou alguns do itens prioritários para se discutir na mesa nesta Campanha Salarial:

  • Vigência: 4 anos (2 + 2), em virtude do vencimento das concessões de Jupiá e Ilha Solteira, não renovadas pela Cesp
  • Reajuste de Salários e benefícios: 8,7%, o mesmo concedido aos trabalhadores metroviários
  • Reajuste de Benefícios de Alimentação: pelo índice de reajuste de alimentos do Dieese
  • PRR: a ser negociada até novembro/14, e não imposta
  • Gerenciamento de Pessoal: zerar o percentual, ou seja, 100% de garantia de emprego.


Além disso, o Sinergia CUT também quer discutir outros pontos como:

  • Rateio de AMH: redução da participação dos trabalhadores
  • Contribuição CD: aumentar de 2,5% para 5% a participação da empresa no plano CD
  • Complementação Salarial: modificação na atual cláusula de Auxílio Doença, para que a empresa volte a complementar o pagamento dos trabalhadores afastados.

A próxima rodada foi marcada para o próximo dia 27. Fique ligado!

A empresa não dá nada… a gente que conquista.

  Categorias: