CS 2014: trabalhadores da CPFL Renováveis deliberam proposta final

16 setembro 08:00 2014 Débora Piloni

Após quatro rodadas de intensas negociações entre o Sinergia CUT e a CPFL Renováveis, a empresa apresentou o que chamou de “última proposta”.

Para o Sindicato, apesar do reajuste salarial não atingir o índice do ICV Dieese, a proposta teve avanços no Auxílio Creche e demais benefícios, além de incorporar o Vale Alimentação no salário (dos trabalhadores transferidos, em rubrica à parte).

Diante disso, o Sinergia CUT realizará assembleias deliberativas nos locais de trabalho. Participe! A empresa não dá nada, a gente que conquista!

CONFIRA OS PRINCIPAIS ITENS DA PROPOSTA FINAL:

  • Reajuste salarial: 6,5% sobre os salários do mês de julho/2014
  • Piso Salarial: reajustado em 6,5% sobre os valores previstos no ACT de 2013/2014
  • Vale Refeição: 7,5%
  • VA, Auxilio Creche/Auxilio-babá, Auxílio Moradia e Gratificação de férias: 7%
  • Licença paternidade:  amplia de 5 para 7 dias
  • Auxilio creche/babá (filhos com necessidades especiais): Extensão do beneficio de 7 para 14 anos
  • Vale Natal: R$ 120,00 para trabalhadores abaixo do nível gerencial
  • VA: o beneficio que hoje é pago somente para os trabalhadores transferidos da CPFL Geração para a CPFL Renováveis, a empresa propõe incorporar o valor do VA no salário base, em rubrica a parte.

 

  Categorias: