CESP: Pretensão de alterar a jornada de 180 para 220 horas de operadores

06 maio 14:44 2015 Nice Bulhões

Após concluir as transferências dos operadores para a Tijoá Participações, o Sinergia CUT tomou conhecimento que a CESP pretende alterar a jornada de 180 para 220 horas, sem corrigir os salários, dos operadores que ficaram na empresa, lotados em Ilha Solteira.

Diante do exposto, o Sinergia CUT ressalta que não concorda com a posição da empresa e que não homologará a referida alteração, bem como tomará as medidas cabíveis caso a empresa efetive as alterações.

#tamojuntoproquederevier#

  Categorias: