Saiu na imprensa: Greve de três dias deflagrada pela Energisa pode se estender, afirma Sindicato

02 dezembro 17:43 2015 Thatiana Melo e Arlindo Florentino

Mais de 300 trabalhadores participam da manifestação

Os trabalhadores da Energisa, concessionária responsável pela distribuição de energia em Mato Grosso do Sul, realizaram na manhã desta quarta-feira (2) uma carreata com mais de cem carros, na saída para São Paulo. A carreata faz parte dos protestos feitos pelos trabalhadores pelo não acordo as reivindicações da categoria, que deflagrou a greve nesta segunda-feira (30).

De acordo com a presidente do Sinergia/MS (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado de Mato Grosso do Sul), Elizete Figueira, a greve pode estender-se mais do que três dias, já que não houve acordo nas negociações. “A diretoria continua intransigente e não quis assinar o acordo com os trabalhadores”, fala.

Representantes dos sindicatos da construção civil, correios, MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), bancários e movimento agrário participaram do movimento em apoio aos trabalhadores. A carreata vaia percorrer a região central da cidade passando pelas Ruas Rui Barbosa, Maracaju, Calógeras, e para em frente a loja do centro para uma manifestação.

Trabalhadores de Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti e Bodoquena participam da manifestação.

Greve

A categoria reivindica reposição salarial de acordo com o índice da inflação mais 3% da ganho real e a manutenção de benefícios acordados em convenção coletiva. De acordo com o sindicato, a empresa quer fazer o pagamento apenas da reposição salarial e de forma parcelada. A empresa ainda pretendia retirar alguns benefícios, como o de saúde para atendimento de funcionário acidentado.

Fonte: Midiamax

  Categorias: