CS 2016: falta reajuste com índice aceitável e garantia de emprego na 2ª rodada com a CTG (Cesp)

CS 2016: falta reajuste com índice aceitável e garantia de emprego na 2ª rodada com a CTG (Cesp)
01 abril 17:54 2016 Nice Bulhões

Rodada aconteceu nesta sexta-feira (01) e nova negociação está marcada para a próxima terça (05)

Na 2ª rodada de negociação, realizada nesta sexta (01), a direção da CTG (China Three Gorges, empresa que venceu o leilão das usinas Jupiá e Ilha Solteira, que pertenciam à Cesp) apresentou proposta inaceitável para os trabalhadores. A proposta econômica é de 10% de reajuste nos salários e no piso, sendo que o Sindicato reivindica o índice do Dieese mais 3% de aumento real.

Além disso, o reajuste proposto para o auxílio alimentação e para a cesta base é de 10%, enquanto o Sindicato pede 15%, ou seja, diferenciado do reajuste do salário. A proposta foi recusada e o Sinergia CUT argumentou que os trabalhadores não abrem mão do aumento com índice do Dieese, de 100% de garantia de emprego e da prorrogação do ACT por 4 anos e não 2 como a empresa quer. Nova rodada acontece na próxima terça-feira (05), às 10h, em São Paulo.

Em tempo: Na última quinta (31), o Sindicato  protocolou pauta na Cesp a fim de que se antecipem as negociações também naquela empresa para que o Sindicato possa levar o Acordo na audiência marcada para 23 de maio.

Trabalhador, fique de olho e participe das assembleias informativas!

 

O que é nosso ninguém tira!

  Categorias: