CS 2017: Energisa apresenta proposta na quarta rodada de negociação

CS 2017: Energisa apresenta proposta na quarta rodada de negociação
11 maio 18:42 2017 Nice Bulhões, com informações da Secretaria Geral
Atualizada às 17h50 do dia 15 de maio de 2017

 

Próxima rodada acontecerá no dia 23 de maio, em Curitiba. Trabalhador, participe da assembleia deliberativa

 
Na quarta rodada de negociação da Campanha Salarial com a Energisa, o Sinergia CUT iniciou fazendo uma série de questionamentos com relação a algumas pendências: problemas nas escalas de trabalho nas agências (em Presidente Prudente) e que alguns trabalhadores estão se deslocando de uma localidade a outra; e horário de trabalho em que as linhas de ônibus não atendem à noite, finais de semana e feriados para os trabalhadores em turnos, escalas e sobreaviso, em Presidente Prudente. A empresa solicitou ao Sindicato que encaminhe todas as reclamações/informações para que seja agendada uma reunião com o gestor da área. A reunião ocorreu em 18 de abril.

Com relação ao ACT, a Energisa, considerando a alteração de data base para agosto, fez a seguinte proposta:

1 . Mudança de data base: Empresa solicita que ela seja alterada para agosto.

Contraproposta do Sindicato: O Sindicato reforçou a solicitação de que seja alterada para setembro com o imediato acréscimo de 1% no reajuste salarial dos trabalhadores.

2. Reajuste de Salários: INPC – 4,57% a partir de 01/04 e 0,5% a partir de 01/08. Mesmo reajuste para os demais itens de natureza econômica.

Contraproposta do Sindicato:

  • Reajuste imediato de salário e demais itens econômicos: 6%;
  • Benefícios de Alimentação (VA / VR): 10%;
  • Participação do trabalhador no VA / VR: Até R$ 3.577,96: 1% e Acima de R$ 3.577,96: 5%;
  • Auxílio creche e pessoas com deficiência: reajuste diferenciado, conforme pauta dos trabalhadores.

3. Banco de horas: 

Administrativo: 100% das horas extras, possibilidade de ir para banco de horas 01 (uma) hora extra realizada para 1,5 (uma e meia) hora compensada. Prazo de compensação: 6 meses.
Operacional: horas extras de limite: até a 15ª hora extra realizada no mês, paga na competência e a partir da 16ª hora lança no banco de horas 01 (uma) hora extra realizada para 1,5 (uma e meia) hora compensada. Prazo de compensação: 6 meses.

Contraproposta do Sindicato:

  • Administrativo: Até a 10 horas extras as mesmas vão para o banco de horas, à partir da 11ª hora, as mesmas devem ser pagas como HE com o percentual de 1,8, sendo uma hora extra realizada para 1,5;
  • Operacional: as partes se comprometem em discutir um banco de horas para os trabalhadores operacionais, à partir da implementação do banco eletrônico.

4. Vigência:

A empresa informou que a legislação somente permite haver prorrogação maior que dois anos.

Esclarecimento Sindicato: O Sinergia CUT  esclareceu que, havendo acordo entre as partes, pode ser estendido o ACT por mais um ano (2017/2020). A empresa ficou de verificar junto à área jurídica.

5. Política de Emprego:

Sindicato apresentou uma proposta de clausula de política de emprego:
Considerando os valores de integridade, compromisso e realização no trabalho, a empresa, na oportunidade de implementação de reestruturação organizacional, inovações tecnológicas e/ou processos de automação, fornecera ao sindicato, caso exista, as informações sobre o tipo de processo a ser implementado.
A empresa manterá a política de valorização do seu pessoal interno incentivando o aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional, inclusive valorizando o recrutamento interno para o preenchimento de vagas, conforme procedimentos estabelecidos pela empresa.
A empresa se compromete a indenizar os empregados que por ventura sejam desligados sem justa causa a multa de 40% incidente sobre o saldo do FGTS do período e ainda as seguintes indenizações na tabela abaixo:

Tempo de Serviço                                        Número de remuneração
De 01 a 09 anos e 11 meses                                         04
De 10 a 14 anos e 11 meses                                         05
Acima de 15 anos                                                         06

6. Jornada reduzida:

  Sindicato solicitou que o pagamento do VA – artigo 59 CLT, preconiza o direito a 50% do praticado.

7. Bolsa de Estudo
  Sindicato solicitou o relatório de quem esta sendo contemplado e quais os cursos.

8. Assistência Médica Hospitalar:
Sindicato solicitou que o desconto aos excedentes ocorram de imediato, não sendo acumulados e descontados em uma única vez.
Sindicato solicitou a discussão de melhoria do texto da cláusula do acordo vigente.
Sindicato solicitou avaliar o reajuste das cláusulas de valores do auxílio funeral.

9. Reembolso de medicamentos:
Sindicato solicitou que, se o trabalhador não utilizar o valor anual, que a verba seja a ele destinada.

10. Previdência Privada:
Sindicato solicitou que seja agendada a reunião com a EnergisaPrev antes do agrupamento das empresas

11. Enquadramento dos Eletricistas (A, B, C):
Sindicato cobrou a empresa providências, já que gerou expectativa nos trabalhadores.

Nova rodada acontecerá no dia 23 de maio, em Curitiba. Trabalhador, participe das assembleias deliberativas!
Resistir para conquistar

  Categorias: