CS 2017: trabalhadores da State Grid deliberam sobre proposta final

CS 2017: trabalhadores da State Grid deliberam sobre proposta final
01 junho 17:50 2017 Nice Bulhões, com informações da Secretaria Geral

Proposta foi rejeitada anteriormente na mesa de negociação e empresa encaminhou na última segunda-feira (22) uma proposta que considera ser “final”. Assembleias começam na semana que vem

 
Na 1ª rodada de negociação da Campanha Salarial 2017 ocorrida no dia 08 de maio (clique aqui para ver como foi), a State Grid iniciou apresentando um cenário econômico, a regulação do setor, suas políticas internas (como treinamentos) e, depois, informou que as pendências às quais a empresa se comprometeu, na CS 2016 e na Gerência Regional do Trabalho (GRT) de Araraquara, não foram cumpridas, tais como o Plano de Cargos e Salário (PCS), PLR e Previdência Privada.

Em seguida, apresentou a sua proposta econômica. O Sinergia CUT e demais entidades sindicais não concordaram, solicitaram um tempo e construíram uma proposta única. Os representantes da empresa se comprometeram a levá-la para a direção da State Grid e retornar até o dia 19 de maio.

A resposta da empresa chegou no último dia 22. Além de não reabrir as negociações e atender as reivindicações do Sindicato, manteve sua proposta original:

  • Reajuste Salarial: 4,76% (IPCA);
  • Valimentação/Refeição: 4,76% (dos atuais R$ 760,42 para R$ 796,62);
  • Vale Páscoa: R$ 73,50 (pago) – 4,76%;
  • Vale Natal: R$ 500,00 – 4,88%;
  • Auxílio Creche: R$ 375,00 – 4,87%.

Assembleias

É fundamental que os trabalhadores participem das assembleias e deliberem sobre a proposta da empresa. É…

Resistir para conquistar!

  Categorias: