Elektro: Pagamento da 1ª parcela da PLR 2018 e cartas de oposição às taxas negociais da PLR e data-base

Elektro: Pagamento da 1ª parcela da PLR 2018 e cartas de oposição às taxas negociais da PLR e data-base
03 julho 17:08 2018 Nice Bulhões, com informações da Secretaria Geral

Cartas de oposição devem ser entregues de 1º a 10 de julho na sede ou nas macrorregiões do Sinergia CUT, nos horários das 9h às 11h30 e das 14h às 17h

A terceira rodada de negociação com a Elektro, adiada nos dias 21 e 28 de junho, deverá ser confirmada para esta quinta-feira (5), ás 10h, na sede da empresa. O Sindicato aguarda a confirmação oficial por parte da empresa. Em virtude da possibilidade de fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018 ainda neste mês de julho, o prazo para oposição à cobrança de taxa negocial da data-base será de 1º a 10 de julho. Neste mesmo período, o Sindicato receberá a carta de oposição à taxa negocial da 1ª parcela da PLR 2018.

Taxa negocial da data-base

Conforme prevê a cláusula 44ª do ACT vigente, o prazo para oposição à cobrança de taxa negocial será de 1º a 10 de julho em virtude da possibilidade de fechamento do Acordo ainda este mês. Caso o fechamento do Acordo não ocorra no mês de julho, novo prazo será aberto, de 1º a 10 do próximo mês, ficando válidas as cartas recebidas em julho.

Pagamento da 1ª parcela da PLR 2018

O pagamento do adiantamento será pago até o penúltimo dia útil de julho de 2018, consistente no valor de R$ 1.500,00, adicionado a 27% de uma remuneração do trabalhador no mês anterior.

Para os trabalhadores afastados por acidente de trabalho ou doença ocupacional, o adiantamento será pago integralmente.

Para os admitidos durante o ano base de 2018, o adiantamento será pago de forma proporcional aos meses trabalhados no ano, calculado sobre a remuneração destes no mês de junho.

A antecipação será paga aos empregados ativos admitidos anteriormente a 30 de junho deste ano.

Taxa negocial da 1ª parcela da PLR 2018

Conforme prevê a cláusula 7ª do Termo Aditivo ao ACT de PLR 2017/2018, o prazo para oposição à cobrança de taxa negocial sobre a PLR será de 1º a 10 de julho, reproduzida abaixo:

CLÁUSULA SÉTIMA – CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL

Para os anos base de 2017 e 2018, fica estipulada uma contribuição negocial no importe do mesmo percentual negociado para o reajuste dos salários dos respectivos períodos que será descontada do valor a ser pago a título de PLR aos empregados ora representados pelo SINDICATO, em favor da entidade nos termos da cláusula quarenta e quatro do Acordo Coletivo de Trabalho vigente.

Parágrafo Único – Nos termos da cláusula quarenta e quatro do Acordo Coletivo de Trabalho vigente, os empregados abrangidos pelo presente instrumento, ora representados pelo SINDICATO, poderão manifestar sua oposição à contribuição negocial ora acordada até o dia 10 do mês de desconto.

Cartas de oposição

As cartas de oposição da Taxa Negocial da PLR 2018 e da Taxa Negocial da Data-Base devem ser protocoladas na sede ou nas macrorregiões do Sinergia CUT, nos horários compreendidos das 9h às 11h30 e das 14h às 17h.

O momento é de luta!

  Categorias: