CS 2021: IE Madeira apresenta proposta final

Intransigente em suas posições, empresa insiste que não há como avançar mais neste ano. Sindicato conquista garantia de data-base 2022 e negociação antecipada. Proposta vai para deliberação dos trabalhadores

CS 2021: IE Madeira apresenta proposta final
02 julho 10:08 2021 Débora Piloni

O Sinergia CUT participou nos dias 15 e 28 de junho, respectivamente, da primeira e segunda rodada de negociação da Campanha Salarial 2021 com a IE Madeira.

Foram idas e vindas nas discussões, principalmente com relação à questão da vigência do Acordo, pois a empresa insistiu na validade de um ano e o Sindicato na vigência de dois anos.

Com esse impasse, o Sinergia CUT e demais entidades sindicais propuseram, e a IE Madeira aceitou, a garantia da data-base em 01 de junho de 2022, ficando acordado, então, que a negociação do Acordo Coletivo para a data-base do próximo ano ocorrerá entre 01 de fevereiro de 2022 com conclusão prevista até 31 de maio de 2022. Mais: a validade do ACT de 2021 vai até o assinatura do próximo Acordo que será negociado em 2022.

Assim, a proposta final que será encaminhada para a deliberação dos trabalhadores é:

  • Reposição da inflação pelo IPCA (8,06%) nos salários e benefícios;
  • ACT por 1 ano (com data-base 2022 garantida e negociação prevista para 01 de fevereiro até 31 de maio de 2022 e ACT 2021 válido até assinatura do próximo Acordo);
  • Manutenção do quadro vigente;
  • Estabelecer uma comissão com participação de dois trabalhadores da IE Madeira sendo um engenheiro e um técnico mais os representantes da empresa e dos sindicatos para propor melhorias no ACT de 2022:

– Negociar os reajustes econômicos em 2022

– Melhorar o formato da PLR 2022

– Eleger um representante sindical da IE Madeira com garantia de emprego para representar os trabalhadores na mesa de negociação,

– Melhorar o adiantamento da PLR em 2022.

Assembleias… fique ligado à convocação!

Diante da intransigência da empresa e, apesar de a proposta não atender a nenhum dos pleitos de benefícios adicionais da pauta de negociação, exceto o reajuste pela inflação, a direção do Sinergia CUT encaminhará essa proposta para deliberação dos trabalhadores, considerando a previsão da negociação do Acordo de 2022, entre fevereiro e maio de 2022. Fique atento à convocação das assembleias!

Todos pela vida: com saúde, emprego e renda

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Por Débora Piloni

  Categorias: