#EletrobrasPública

Carta Aberta aos Conselheiros Fiscais e de Administração da Eletrobras

Confira também boletim do CNE que aborda a omissão dos diretores de geração, transmissão, operação, comercialização e regulação das empresas ao aceitarem as condições de privatização da Eletrobras

Carta Aberta aos Conselheiros Fiscais e de Administração da Eletrobras
19 janeiro 16:20 2022 FNU

O Coletivo Nacional dos Eletricitários – CNE reporta-se individualmente a cada um dos Conselheiros Fiscais e de Administração da Eletrobras, enfatizando o risco associado a um gesto concreto de aprovação para a convocação de Assembleia Geral Extraordinária – AGE relativa à privatização da Eletrobras, em total desconformidade ao ACÓRDÃO N.º 3176/2021 – TCU.


“Entendemos que seja nula e ineficaz qualquer ação concreta de convocação de AGE para apreciação de mérito pelos acionistas, antes mesmo que o acervo documental disponibilizado contenha a apreciação definitiva do mérito pelo Tribunal de Contas de União. Trata-se de um grave desrespeito institucional com o Ministro Vital do Rêgo, que tem o direito regimental ao pedido de vista, assim como com o restante do Colegiado, cujo voto pode ser influenciado pela manifestação de um dos seus pares.”

LEIA A CARTA NA ÍNTEGRA:
Carta Aberta aos Conselheiros Fiscais e de Administração da Eletrobras

Veja também:
A omissão dos diretores da Eletrobras ao aceitarem a privatização da empresa

Por FNU

  Categorias: