CS 2018: Valeu a pressão na Esol Construções! Proposta aprovada e greve encerrada!

CS 2018: Valeu a pressão na Esol Construções! Proposta aprovada e greve encerrada!
23 abril 17:26 2019 Débora Piloni, com informações da Secretaria Geral

Após mais uma Audiência de Mediação realizada na segunda (22), no TRT, em Campinas, empresa é pressionada a melhorar a proposta de ACT, que foi apresentada aos trabalhadores em assembleias nesta terça (23)

 

Está comprovado: só a luta te garante! Diante da intransigência da empresa, os trabalhadores da Energisa Soluções (Esol) não tiveram dúvidas: com muita garra aprovaram e implementaram um plano de lutas com mobilizações gradativas que culminaram em greve por tempo indeterminado a partir da última segunda (22). E toda essa pressão surtiu efeito!

O desrespeito que vinha sendo demonstrado há mais de seis meses , desde a data-base da categoria, encontrou seu limite: depois de seis rodadas de negociações e duas audiências no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, em Campinas, sendo a última realizada na tarde de segunda-feira, a empresa se viu diante da desembargadora, pressionada a encaminhar uma proposta que atendesse às principais reivindicações dos trabalhadores.

E assim ocorreu. Na manhã desta terça-feira (23), a direção da Esol encaminhou ao Sindicato sua nova proposta com avanços, que foi apresentada aos trabalhadores que permaneciam em greve. Nas assembleias, a decisão foi pela aprovação e pelo fim do movimento paredista.

“Essa proposta traz alguns avanços como Plano de Saúde com a revisão do custeio por parte da empresa para os dependentes, uma alternativa para o  pagamento da PLR 2018, PLR 2019, um domingo de folga no mês e Marmita fora da base. Vitória dos trabalhadores que também confiaram na luta do Sindicato”, parabeniza a direção do Sinergia CUT.

Confira abaixo ou clicando no link ao lado a proposta final (Esol) e que foi aprovada pela maioria dos trabalhadores nas localidades da Esol:

Só a luta te garante!

  Categorias: