Cteep: reunião de pendências

Cteep: reunião de pendências
27 janeiro 11:21 2020 Nice Bulhões, com informações da Secretaria Geral

Após muita insistência do Sindicato, aconteceu reunião com a Cteep, no último dia 23,  para tratar de pendências do Acordo Coletivo. Na ocasião, foram discutidos os seguintes assuntos:

  • Reunião do Grupo de Trabalho de Segurança– Foi solicitada para a empresa a realização da Reunião do Grupo de Trabalho de Segurança, conforme compromisso assumido no ACT 2019/2021. A reunião foi agendada para 05/02 das 10h às 13h na sede da empresa.
  • Aposentados 4819/Aplicação do reajuste– O Sindicato questionou a empresa se ainda existe alguma pendência que impeça a aplicação do reajuste (2019) para os aposentados. A empresa informou que não, e que o reajuste será inserido na folha de pagamento da Secretaria da Fazenda do mês de fevereiro.
  • Verbas de Bolsa de Estudo – As entidades solicitaram informações quanto aos valores concedidos a título de bolsa de estudos. Ficou acordado que a empresa encaminhará, via correio eletrônico, os valores investidos durante o ano de 2019 até a data de 31/01/2020.
  • PLR – Foram apresentados os indicadores da PLR, conforme quadro abaixo, sendo demonstrados os resultados até o mês de novembro de 2019. Quanto ao mês de dezembro, a empresa informou que existe a necessidade de publicação do balanço. Segundo a informação da empresa, não foi atingido o indicador da Parcela variável, havendo uma perda de 20%.  O Sindicato solicitou informações sobre o que motivou as ocorrências que levaram a esse resultado, bem como qual foi a metodologia utilizada para apuração das metas, uma vez que os trabalhadores certamente não contribuíram para esse resultado, não podendo ser penalizados por isso. Solicitou por fim que esses números sejam expurgados.

  • Termo de Responsabilidade – Empregados que dirigem veículo da empresa – Apresentado o termo de responsabilidade devidamente modificado, conforme compromisso assumido. Após análise do texto, o Sindicato solicitou que seja excluído o termo “culpa” na cláusula 2.2, uma vez que a responsabilidade do trabalhador já inserida nos demais termos da cláusula (dolo, negligência ou má utilização do mesmo). Solicitou também que na cláusula 2.4 não tenha o termo “denúncias fundamentadas em testemunhos”, diante da possibilidade de haver falsa denúncia prejudicando o trabalhador. Na cláusula 2.5, o Sindicato solicitou que o prazo de apresentação dos documentos passe a ser semestral, facilitando o dia a dia do trabalhador.
  • Avaliação de uma proposta diferenciada que contemple uma política para os trabalhadores que dirigem veículos especiais – Diante da responsabilidade do trabalhador dirigir veículos especiais, a empresa está analisando a possibilidade de uma política diferenciada, voltando a discussão em 90 dias.

Em tempo:

Com relação à mudança na regra de despesas de viagem, a empresa não quis colocar em ata, pois irá responder o ofício diretamente para o Sindicato. Mas já antecipou que irá pagar até final de março e, em abri, irá implementar o novo procedimento, que é de pagar somente o jantar pra quem dorme fora do seu município.

  Categorias: