Elektro: PLR 2019 será quitada até o final deste mês

Trabalhadores receberão o valor da PLR 2019 junto com o pagamento salarial. Discussões sobre a PLR 2020 começaram mal, com a empresa querendo a inclusão de novos indicadores durante reunião realizada na última quinta-feira (19), por videoconferência. Sindicatos não aceitaram e querem debater o assunto

Elektro: PLR 2019 será quitada até o final deste mês
22 março 13:11 2020 Nice Bulhões, com informações da Secretaria Geral

Trabalhadores receberão o valor da PLR 2019 junto com o pagamento salarial. Discussões sobre a PLR 2020 começaram mal, com a empresa querendo a inclusão de novos indicadores durante reunião realizada na última quinta-feira (19), por videoconferência. Sindicatos não aceitaram e querem debater o assunto

Representantes das empresas Elektro/EKCE e do Sinergia CUT se reuniram na última quinta (19), por meio de videoconferência, para tratar sobre os resultados da PLR 2019 e negociar a PLR 2020. A PLR 2019 terá o maior valor pago aos trabalhadores comparada com os anos anteriores.

O Valor será quitado até o último dia útil deste mês. É preciso ressaltar que será descontado o valor pago na antecipação, que ocorreu em 20/12/2019 (R$ 1.500,00 + 27% da remuneração). O Ebtida foi o maior resultado já alcançado na história da companhia, atingindo o montante de R$ 1.148.119.037,00.

Dos Objetivos contratados, foram atingidos 973,39 pontos, não sendo alcançadas as metas dos indicadores Lucro Líquido, OPEX – PMSO negócio + outros ingressos e Perdas reais. Portanto, serão destinados 2,196% do Ebtida para a PLR 2019, que equivale a R$ 25.212.694,00. O valor da PLR é composto de:
Parcela fixa de 50%: valor de R$ 3.582,00 igual para todos;
Parcela variável de 50%: depende do desempenho da Área e da remuneração do trabalhador (veja abaixo uma simples simulação, levando em consideração a faixa salarial. A sigla SIR – Salário Individual Reconhecido – significa: salário sem os demais benefícios, como exemplo a periculosidade).

O Sinergia CUT solicitou mais informações do resultado desta PLR, como exemplo o valor destinado aos gestores destes R$ 25 milhões e o detalhamento do cálculo dos conceitos de avaliação por Área na parcela variável. A empresa se comprometeu enviar em breve. O Sindicato reitera que este resultado somente foi possível devido ao empenho dos trabalhadores para alcançá-los.

PLR 2020

As empresas apresentaram apenas a sua proposta de Objetivos da PLR 2020 com a inclusão de três novos indicadores (redução de horas extras, Índice de Esforço do Cliente e Plano de Resultados) e queriam a aprovação dos sindicatos sem debater o modelo, valores e formas de pagamento, o que não foi aceito.

O Sinergia CUT lamentou a morte ocorrida em Santa Albertina, bem como o acidente em Cunha, repudiou que a discussão da PLR 2020 seja iniciada pelo Combo financeiro e manifestou não aceitar mais este Combo Saúde e Segurança, que se apresenta ineficaz com tantas situações de precarização das condições de trabalho que acabam com mortes no setor.

Outra discussão necessária é que a proposta de Objetivos e metas para 2020 foram elaboradas no final do ano passado, antes da crise sanitária mundial do Coronavírus, sendo que se forem contratadas estas metas sem garantias ou revisões, os trabalhadores poderão ter a pior PLR da história da companhia. Isto precisa ser evitado e a categoria não pode pagar esta conta.

O Sinergia Campinas reiterou querer discutir o assunto conforme as premissas e compromissos assumidos pelas empresas perante o TRT da 15ª Região de Campinas, conforme carta compromisso de 18/02/2020. Sendo elas: a) prazo de pagamento e valores do adiantamento da PLR; b) metodologia de cálculo e distribuição da PLR entre empregados e líderes; c) métricas e objetivos; e d) possibilidade de incluir outros exercícios.

O Sinergia Campinas não concordou com os novos indicadores e todos os sindicatos não concordam com o indicador de horas extras, porque a pressão sobre os trabalhadores seria desproporcional. Nova reunião acontecerá no dia 25 de março por videoconferência. Aguarde!

Só a luta te garante

  Categorias: