Em casa

Quarentena em São Paulo é estendida até 10 de maio

Estado apresenta queda no isolamento social e apenas 50% da população está em casa

Quarentena em São Paulo é estendida até 10 de maio
17 abril 14:51 2020 Redação RBA

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou no início da tarde desta sexta-feira (17) a prorrogação da atual quarentena até o dia 10 de maio, para combater o novo coronavírus. Inicialmente, a quarentena seria de 24 de março até 7 de abril, mas o prazo já havia sido ampliado para o dia 22 deste mês. São Paulo é o estado com mais casos confirmados do novo coronavírus: 11.446. Ao todo, 855 pessoas já morreram em função da covid-19.

O governo estadual também trabalha com a meta de atingir 70% de isolamento social. Nesta quinta-feira (16), o Sistema de Monitoramento Inteligente (Simi-SP) mostra que apenas 50% da população paulista aderiu à quarentena.

A determinação do governo segue o padrão já adotado: todo comércio deve permanecer fechado, sendo mantidos apenas os serviços essenciais como supermercados, padarias, entregas, postos de combustível, oficinas, pet shops, transportes e serviços de saúde e segurança.

A rede pública de saúde de São Paulo já enfrenta problemas decorrentes da lotação de leitos por conta do alto número de pacientes infectados por covid-19. O caso mais grave é do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, que já chegou a ter 100% de leitos de UTIs ocupados e agora está com 93%.

Por Redação RBA

  Categorias: