Coronavírus

Quarentena contra a covid-19 em São Paulo é prorrogada até 31 de maio

Governador paulista destacou que desrespeito ao isolamento social piorou a situação e São Paulo vive pior momento da pandemia

Quarentena contra a covid-19 em São Paulo é prorrogada até 31 de maio
08 maio 13:20 2020 Redação RBA

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), prorrogou a quarentena em todo o estado até o dia 31 de maio. Nenhum relaxamento das medidas será aplicado em nenhuma cidade paulista. “Estamos passando pelo pior momento da pandemia. Só não veem os que estão cegos pelo ódio ou pela ambição pessoal. Relaxar a quarentena agora seria por em risco milhares de vidas e a própria economia”, afirmou.

O governador destacou como um dos principais motivos para a medida o aumento de casos na grande São Paulo e, principalmente, no interior do estado. Entre 1º e 30 de abril, o interior teve explosão de casos de coronavírus, com aumento de 3.300% – de 129 para 4,3 mil casos. Na Grande São Paulo, o crescimento foi de 770% – de 2,7 mil para 24,3 mil. O estado chegou a 39.928 casos, com 3.206 mortes. 

Segundo o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do governo de São Paulo, o percentual de isolamento social no estado foi de 47% nesta quarta-feira (6), índice considerado baixo.

Mais informações em breve.

Por Redação RBA

  Categorias: