CS 2020: Trabalhadores da State Grid deliberam proposta final de ACT em assembleia on-line

Votação ocorrerá de 02 a 06 de junho pelo Site do Sinergia CUT. Participe!

CS 2020: Trabalhadores da State Grid deliberam proposta final de ACT em assembleia on-line
29 maio 10:22 2020 Débora Piloni, com informações da Secretaria Geral

A partir da próxima terça-feira (02) e até o dia 06 de junho, o Sinergia CUT consulta os trabalhadores da State Grid para debater, avaliar e decidir sobre a proposta de Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho 2020.

Em respeito à quarentena e ao isolamento social necessário para combater a pandemia de Covid-19, a consulta será realizada através Portal do Sinergia CUT – www.sinergiaspcut.com.br .

Por ocasião da votação virtual, os trabalhadores deliberarão também sobre a cobrança da taxa negocial, cujo valor corresponde a meio dia de trabalho, sendo garantido um prazo de 20 dias, a partir da data de assinatura do Acordo, para envio da carta de oposição. Os prazos serão informados posteriormente.

Confira abaixo os principais itens da proposta final:

  • Vigência: 2 anos
  • Reajuste Salarial: 4,01%
  • Piso salarial: 4,01%
  • VA/VR: R$ 920,00
  • Vale Páscoa: reajuste de 4,77%, passando para R$ 100,00 (em 2021)
  • Vale Natal: reajuste de 20%, passando para R$ 768,00 em 2020.
  • Auxílio Creche: reajuste de4,77%, passando a R$ 440,00, por filho . No caso de Auxílio Babá, valor único de R$ 440,00, mesmo em caso de mais de um filho. Caso o filho complete 6 anos no decorrer do ano letivo, o benefício será mantido ate o final do ano.
  • Hora In Itinere: mantém para quem já recebe em folha de pagamento e extingue para os novos contratados. Revisita a aplicabilidade em 2021.
  • Previdência Privada: institui até dezembro de 2020.
  • Plano de Cargos e Salários (PCR): reuniões presenciais com os trabalhadores para esclarecimento de dúvidas até dezembro de 2020.
  • Participação nos Lucros e Resultados (PLR): as empresas se comprometem a criar uma comissão paritária em 2020, conforme artigo 2º inciso I da Lei 10.101/2000 para discussão das metas a serem aplicadas como PLR.

Participe da assembleia on-line!

A partir do dia 02 e até o dia 06, a votação ficará disponível no portal www.sinergiaspcut.com.br .

Não fique de fora!

_______________________________________________________________________________

Leia o edital que convoca a assembleia virtual:

SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DE

ENERGIA ELÉTRICA DE CAMPINAS – SINERGIA CAMPINAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

CAMPANHA SALARIAL 2020

PPTE – PORTO PRIMAVERA TRANSMISSORA DE ENERGIA S/A (STATE GRID BRAZIL HOLDING S/A – STATE GRID)

Pelo presente edital, a diretoria colegiada do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica de Campinas (SINERGIA CAMPINAS), entidade representada pelo seu Presidente Claudinei Donizeti Ceccato, considerando o Decreto Estadual 64.881/2020 que determinou quarentena em todo o Estado de São Paulo permitindo apenas a execução de atividades essenciais indispensáveis as necessidades inadiáveis da comunidade e proibindo aglomerações em função da pandemia de Covid19; considerando o item “VIII” da NOTA TÉCNICA CONJUNTA Nº 06/2020 – PGT/CONALIS do MINISTÉRIO PUBLICO DO TRABALHO—COORDENADORIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA LIBERDADE SINDICAL (CONALIS), CONVOCA todos os trabalhadores da empresa citada acima lotados em todos os municípios que integram a sua base territorial, associados ou não, para que façam acesso ao site sinergiaspcut.com.br a partir do dia 02/06/2020 às 09:00 hs para tomarem ciência da “Proposta da Empresa supracitada para celebração de Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho 2020, e mediante endereço eletrônico indicado junto às mesmas, manifestem-se, se assim desejarem, no prazo de 02 a 06/06/2020 para deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: a) – Avaliação e deliberação acerca da proposta da Empresa para celebração do Acordo Coletivo de Trabalho referente à data-base 1º de março de 2020; b) No caso de aprovação, ratificação dos poderes outorgados à diretoria do Sindicato para firmar Acordo Coletivo de Trabalho c) No caso de rejeição ratificação dos poderes outorgados à diretoria do Sindicato representar a categoria em processo de Dissídio Coletivo perante a Justiça do Trabalho e/ou atuar na defesa em eventual Dissídio Coletivo de Greve; d) Fixação de valor da contribuição assistencial e/ou confederativa e/ou negocial; e) Assuntos gerais do interesse da categoria. Em função da situação de pandemia pelo COVID19, excepcionalmente será considerada aprovada a proposta empresarial e autorizados e/ou aprovados demais itens da “Ordem do Dia” que não obtiverem rejeição de no mínimo cinquenta por cento mais um do número de trabalhadores da empresa associados ou não ao Sindicato. E para que o presente edital chegue ao conhecimento de todos os trabalhadores interessados, determino a sua publicação em veículo oficial de comunicação do Sindicato no site sinergiaspcut.com.br.

Campinas, 28 de maio de 2020.

Claudinei Donizeti Ceccato

Presidente

 

Débora Piloni, com informações da Secretaria Geral

  Categorias: