Sinergia CUT participa da eleição para a formação da nova representação do CONDEPE 2020

Sinergia CUT participa da eleição para a formação da nova representação do CONDEPE 2020
09 novembro 10:16 2020 Débora Piloni

O Sinergia CUT participou, a convite da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, da eleição para Representação da Sociedade Civil no Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana no CONDEPE para o biênio 2020/2022.

A votação aconteceu no último dia 04 de novembro e, pela primeira vez, conseguiu ampliar a bancada de representação feminina, que passou a ser de 30%.

O CONDEPE está previsto no artigo 110 da Constituição Estadual e foi criado pela Lei nº 7.576/1991. Entre suas finalidades estão: investigar as violações de direitos humanos em todo território do estado de SP, encaminhá-las às autoridades competentes e acompanhar as providências adotadas bem como as denúncias e representações que lhe sejam dirigidas. Cabe ainda aos integrantes do CONDEPE propor soluções para os problemas referentes à defesa e à garantia dos direitos fundamentais das pessoas humana.

Para a gestão 2020/2022, foram eleitos:

1- Dimitri Nascimento Sales, indicado pelo Instituto Latino Americano de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos (ILADH)

2– Raimundo Vieira Bonfim, indicado pela Central de Movimentos Populares do Estado de São Paulo

3– Cheila Maria Subenko Olalla, indicada pela Ação Comunitária Paroquial do Jardim Colonial Pe. Emir Rigon

4– Valdison da Anunciação Pereira, indicado pela Associação dos Moradores da Comunidade do Jardim Limoeiro I

5- Elvis Justino de Souza, indicado pelo Instituto de Defesa dos Direitos Humanos Nossa Senhora Maglac

6 Gabriel Alves da Silva Júnior, indicado pelo Sindicato Nacional dos Servidores Públicos Federais na Área de Ciência e Tecnologia do Setor Aeroespacial (SINDCT)

7 – Maria de Fátima da Silva, indicada pela Cooperativa da Agricultura Familiar de Americana, Cosmópolis, Limeira e Piracicaba (COOPERFLORA)

8 – Julian Vicente Rodrigues, indicado pelo Instituto Macuco

9 – Iris Neres Nogueira, indicada pela União da Juventude Brasileira (UJB)

10 – Rosa Costa Cantal, indicada pelo Grupo Tortura Nunca Mais/São Paulo

11 – Mauro Caseri, indicado pelo Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Erminia Circorta

12 – Maria Beatriz da Rocha Alarcón, indicada pela Confederação das Mulheres do Brasil (CMB)

13 – Rodrigo Sérvulo da Cunha Vieira Rios, indicado pela Comissão Justiça e Paz de São Paulo

14 – Jonatan Santos de Oliveira, indicado pelo Instituto Conhecer Brasil

15 – Glauco Giuliano Vicentin Gobbi, indicado pelo Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Jundiaí

O direção do Sinergia CUT parabeniza os eleitos e deseja a todos uma gestão com muita energia para a luta.

 

  Categorias: