Crise histórica

Em protesto contra Bolsonaro, comandantes das Forças Armadas deixam seus cargos

A decisão foi anunciada após reunião encerrada há pouco

Em protesto contra Bolsonaro, comandantes das Forças Armadas deixam seus cargos
30 março 14:23 2021 Congresso em Foco

Clique aqui para ler a nota

Em nota divulgada à imprensa, o Ministério da Defesa informou que os comandantes do Exército (Edson Pujol), da Marinha (Ilques Barbosa Júnior) e da Aeronáutica (Antonio Carlos Moretti) serão substituídos, na esteira da saída do ministro Fernando Azevedo e Silva. O comunicado não informa se a saída foi pedida pelos próprios comandantes ou se os cargos foram requisitados pelo novo ministro, general Braga Netto. A decisão foi anunciada após reunião encerrada há pouco.

“O Ministério da Defesa (MD) informa que os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica serão substituídos. A decisão foi comunicada em reunião realizada nesta terça-feira (30), com presença do Ministro da Defesa nomeado, Braga Netto, do ex-ministro, Fernando Azevedo, e dos Comandantes das Forças.”

Escrito por: Congresso em Foco / Repost: Site da CUT

  Categorias: