Nota da CUT

CUT convoca para o dia nacional de luta em 18 de agosto

Direção Executiva Nacional da CUT convoca todas as entidades filiadas a fazer mobilizações no Dia Nacional de Luta em defesa do serviço público e dos direitos dos trabalhadores

CUT convoca para o dia nacional de luta em 18 de agosto
05 agosto 16:45 2021 CUT Nacional

A Direção Executiva Nacional da CUT, reunida em 4 de agosto de 2021, convoca todas as CUTs estaduais, ramos e sindicatos filiados a mobilizar suas bases para o Dia Nacional de Luta e Paralisações, no dia 18 de agosto próximo.

Essa jornada de luta está sendo convocada pelo conjunto das centrais, a partir da iniciativa das entidades sindicais dos servidores públicos municipais, estaduais e federais que organizaram a greve contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32, da reforma Administrativa pautada no Congresso Nacional.

Essa mobilização deve ser do conjunto da classe trabalhadora, diretamente atingida pelo desmonte dos serviços públicos pretendido pelo governo Bolsonaro e contra os ataques aos direitos trabalhistas previstos na Medida Provisória (MP) nº 1045, que retoma a “carteira verde-amarela” e avança na precarização total das relações de trabalho.

O governo Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo  Guedes, tratam a classe trabalhadora dos setores público e privado, do campo e da cidade, como seus inimigos. Ao mesmo tempo multiplicam benesses aos grandes empresários e se negam a taxar os mais ricos, enquanto o desemprego explode, a fome bate às portas do povo e os preços dos alimentos disparam. Um governo que é diretamente responsável por mais de 560 mil mortes pela Covid-19 por sua negação em combater a pandemia e ainda promoveu negociatas do Ministério da Saúde na compra de vacinas, como vem sendo revelado pela CPI em curso no Senado.

A CUT ao lado das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, das demais centrais sindicais e entidades da sociedade civil, participa da Campanha Fora Bolsonaro; apoiou e convocou as quatro grandes jornadas de mobilização nacional que levaram centenas de milhares de pessoas às ruas nos quatro cantos do país e desde já, está engajados na próxima mobilização convocada para 7 de setembro.

Agora é a hora da classe trabalhadora mostrar a sua força e entrar em cena na defesa dos seus direitos, dos serviços públicos e contra as privatizações – como a dos Correios que está para ser votada na Câmara dos Deputados. Esse momento é o Dia Nacional de Luta e Paralisações de 18 de agosto!

Convocamos todo o movimento sindical CUTista a preparar, desde já, com visitas aos locais de trabalho, assembleias e plenárias, a mais ampla participação da classe trabalhadora nas greves, paralisações e manifestações de 18 de agosto.

– Derrotar a PEC 32, em defesa dos Serviços Públicos!

– Não à MP 1045 que ataca todos os nossos direitos trabalhistas!

– Não às privatizações, em defesa do nosso patrimônio público!

– Viva a luta da classe trabalhadora pelo fim do governo Bolsonaro!

São Paulo, 04 de agosto de 2021

Executiva Nacional da CUT

  Categorias: