CS 2019: assembleias na Elektro/EKCE/EKTTs deliberam proposta final

CS 2019: assembleias na Elektro/EKCE/EKTTs deliberam proposta final
16 julho 16:28 2019 Débora Piloni e Elias Aredes Jr

Veja no quadro abaixo onde e quando será a assembleia em seu local de trabalho. Participe!

A partir desta terça-feira (16) e até o próximo dia 24, os trabalhadores da Elektro/EKCE/EKTTs participarão de assembleias deliberativas sobre o Acordo Coletivo.

No último dia 04 de julho, durante a segunda tentativa de conciliação de pré-dissídio junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, a empresa reiterou a proposta apresentada na reunião do dia 1º de julho. Foi intransigente e manteve a proposta da saída do plano de saúde da Fundação Cesp para o do Bradesco Saúde.

Buscando o encerramento das negociações, o Sindicato sugeriu a retirada deste item da proposta, fechando os outros pontos (melhoria na proposta do Call Center e dos Aprendizes e retirada da proposta de flexibilização da contratação de pessoas com deficiência). Mas, a empresa voltou a afirmar que a proposta “é global e indivisível”.

O TRT estabeleceu um prazo até a data de hoje (dia 15) para que as partes se manifestassem, o que já ocorreu com as partes. Vale lembrar que o atual ACT tem validade até 31/05/2022 e que os trabalhadores, massivamente, já haviam rejeitado a proposta da empresa e apesar de alguns avanços, o principal impasse permanece, que é a saída da Fundação CESP. Participe das assembleias!

Você precisa saber

Após reabertura da mesa de negociação, itens ilegais que poderiam prejudicar os trabalhadores foram retirados. Confira:
• PCD: redução do percentual mínimo de contratação de PCDs.
• Aprendiz: A empresa propõe pagar VA/VR e não pagar a cesta básica, também a gratificação de férias conforme a legislação. Além de praticar o piso mínimo hora do cargo de auxiliar de serviços gerais.
• Call Center: Antes a proposta era de jornada em teleatendimento superior a seis horas previstas pela NR 17 anexo 2. Agora, a nova jornada está de acordo com a legislação (veja a proposta abaixo).

Ficaram pendentes para resolver o tempo sobre o intervalo de repouso e alimentação e a redação da Cláusula 50 do Call Center (exclusivo para este setor).

PROPOSTA DE ACT A SER DELIBERADA

► Vigência: prorrogação do ACT por mais um ano (2022-2023).
► Reajuste: 4,66% pelo IPCA nos salários, pisos e demais itens econômicos, inclusive VA/VR/Cesta.
► Cesta: redução de 1 ponto percentual na participação (de 9% para 8%).
► Gift Card: reajusta para R$ 250 em dez/2019.
► VA/VR: redução da participação do VA para R$1 até a faixa 4 e para as demais faixas, redução de 1 ponto percentual.
► Fim do pagamento quinzenal: inclusão da forma de pagamento (parcela única, dia 25 de cada mês) na claúsula 47, com discussão e implementação para abril de 2020.
► 13º salário: antecipa para janeiro (1ª parcela) e novembro (2ª parcela) a partir de 2020.
► Seguro de vida: implementa o Seguro de Vida e altera a cláusula 16 do Acordo Coletivo.
► Calendário de Compensação: uniformiza um calendário de compensação para pontes e feriados.
► Horário Flexível: implanta opcionalmente, no almoço na Sede, o horário flexível de 30 minutos.
► Home Office e Teletrabalho: introduz no ACT a previsão de trabalho em casa e remoto.
► Call Center Corporativo:
• Garantias da Cláusula 50ª com jornadas de trabalho 7h12m diárias e 36h semanais, sendo que o tempod e atendimento telefônico não será superior a seis horas diárias, conforme NR 17. Intervalo intrajornada de 1h para almoço e descanso e dua pausas de 10 minutos durante a jornada de trabalho.
• Plano de Carreira – avanço dos pisos: implementação dos seguintes pisos: Agente I: R$ 1.637,74 // Agente II: R$ 1.883,40 // Agente III R$ 2.165,91
• Garantias – Extensão das condições das cláusulas 28 e 29 para todos os Agentes ,de Relacionamento a partir da assinatura da ACT até 31/12/2020.
► Aprendizes: a empresa assegura o pagamento mensal correspondente ao salário mínimo-hora do piso da categoria, vale-almentação/refeição integral aos demais trabahadores, assistência médica odontológica e seguro de vida (a partir de jan/2020), além da possibilidade de realizar os treinamentos corporativos a serem efetivos ao Programa de Bolsa de Estudos.
► Plano de Saúde: encerra o plano da FunCesp e vai para o Bradesco
► Plano Odontológico: encerra o plano da FunCesp e vai para OdontoPrev Bradesco.
► Contribuição sindical: desconto na folha.

CONFIRA O QUE SERÁ DISCUTIDO NAS ASSEMBLEIAS

O Sinergia Campinas realizará ASSEMBLEIAS GERAIS EXTRAORDINÁRIAS nas cidades abaixo relacionadas, nos dias, horários e locais indicados, para deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: a) Avaliação e deliberação acerca da proposta da empresa para celebração do Acordo Coletivo de Trabalho; b) No caso de rejeição da proposta, discussão, deliberação e aprovação de movimento paredista (greve) dos serviços à partir da 00:00 hora do dia 01/08/2019 por prazo indeterminado. c) Na hipótese de paralisação por período indeterminado, definição sobre a manutenção dos serviços essenciais e inadiáveis da comunidade; d) Ratificação dos poderes outorgados à diretoria do Sinergia Campinas para firmar Acordo Coletivo de Trabalho, bem como representar a categoria em processo de Dissídio Coletivo perante a Justiça do Trabalho e/ou atuar na defesa em eventual Dissídio Coletivo de Greve; e) Em caso de aprovação da proposta, deliberar sobre a cobrança de taxa negocial; f) Discussão e deliberação para transformar a presente em Assembleia Permanente; g) Assuntos Gerais de Interesse da Categoria.
Os aposentados/, aposentadas e pensionistas da Elektro também votarão na mesma assembleia dos ativos e em urnas fixas nas sedes das macrorregiões e itinerantes nas principais cidades. Participe!
Só a luta te garante!

Veja o cronograma estabelecido para deliberação da proposta

  Categorias: